CQC e o Prefeito de Barueri

CQC nenhum babaca, muito talento!

Ontem por acaso acabei assistindo o programa CQC da Bandeirantes. Gosto do programa, é engraçado e não ultrapassa os limites da respeitabilidade, como alguns programas de humor têm feito hoje em dia.

Acabei vendo o quadro PROTESTE JÁ! em que os integrantes vasculham uma situação duvidosa geralmente da Administração Pública (em regra de algum município) e divulga no ar, cobrando uma posição ou uma solução.

No entanto, no programa de ontem a situação foi diferente. O programa doou uma televisão de plasma para a Secretaria de Educação de Barueri em dezembro de 2009 com um chip e um GPS escondido e monitoraram a TV durante 45 dias.

Passados este tempo, foram verificar com o Secretário de Educação da cidade se a doação estava devidamente alocada numa escola que asseverou que estaria e que não havia desvio de doações no município.

Entretanto, o programa mediante o monitoramente comprovou que a TV estava na residência de uma funcionária da escola da qual teria sido doada a TV e não na escola em questão.

O caso ganhou repercussão porque o jurídico daquela cidade conseguiu uma liminar para evitar a exibição do quadro na segunda-feira anterior, que foi cassada posteriormente pelo jurídico da Rede Bandeirantes de Televisão.

Após o imbróglio jurídico, a Prefeitura de Barueri determinou a devolução da TV à Bandeirantes, o que motivou os integrantes do programa a ter uma audiência com o Prefeito da cidade.

O Exmo. Sr. Prefeito Rubens Furlan ciente das câmeras que o filmagem promoveu um show de ofensas aos integrantes do programa, chamando-os de babacas e idiotas, dizendo que eles não tinham competência e que tentavam fazer humor desmoralizando pessoas sérias como ele.

Com todo respeito ao Prefeito de Barueri, sua reação foi incompreensível!

Ele deveria no mínimo agradecer ao programa CQC que prestou um serviço à Administração Pública demonstrando que havia funcionários que aparentemente estavam desviando uma doação feita à Secretaria de Educação  e estaria dando uso privado do bem.

Além disso, as ofensas desferidas pelo Prefeito foram desproporcionais. Poderia ele tratar os integrantes de forma dura, mas respeitosa se se sentiu invadido.

Poderia até dizer que o programa agiu com excesso e que deveria ter ao menos preservado o rosto das funcionárias para que fossem tomadas medidas administrativas sem criar constrangimento para a pessoa humana.

Mas não.

O Prefeito agiu guiado pela raiva e pelo descontrole e olvidou-se que é pessoa pública que merece respeito, mas que também deve respeitar a todos aqueles com quem trata.

A desproporção das ofensas do Prefeito me deixaram realmente triste por saber que temos governantes que se prestam a agir de tal maneira.

Não discuto a honestidade e competência do Prefeito, não o conheço e não posso falar dele…pelo contrário, creio que deve ser um cidadão honesto ou não teria sido eleito para o cargo maior da cidade de Barueri.

Aliás, opinião pessoal, creio que o Prefeito e o Secretário devem ser isentados disso tudo porque me pareceu que foi algo interno da escola e não algo que partiu da Secretaria de Educação, por mais este motivo que considero que o Exmo. Sr. Prefeito se esquivocou com suas declarações.

Não achei que o CQC agiu com excesso, não achei que quiseram desmoralizar ninguém e discordo que eles não tenham talento…tem que ter muito talento para nos mostrar algo tão triste e nos fazer rir ao mesmo tempo…

Para quem tive3r interesse, segue o link do quadro abaixo

http://migre.me/qHcH

Anúncios

2 respostas em “CQC e o Prefeito de Barueri

  1. Quase concordei com em tudo a nao ser quando disse que o secretário deveria ser isento de responsabilidade.
    O secretário, a Diretora e a funcionário deveriam ser demitidos da função pois promoveram um Festival de mentiras.
    O secretário até disse que ele mesmo guardou a tv na sala que estava (lembram-se)
    A diretora disse que a TV foi entregue lá em Dezembro(mentirinha também, pois a TV saiu da prefeitura direto para a casa da Colega funcionária)
    Agora sobre a Colega Funcionária, …

  2. Legal meu, tbem vi esse programa. O prefeito se mostrou descontrolado e sem razão nas suas críticas. O secretário devia estar envolvido, pois quando ele disse que a TV estaria na escola, rapidamente a funcionária saiu de sua casa para levar a TV. Como ela sabia? Muita coincidência, não acha!?Com certeza foi avisada.

    Cara, não sabia que a palavra olvidou-se existia na língua portuguesa haha.

    Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s