PRA VOCÊ LER DEPOIS 03 – amor de pai

Pedro, meu orgulho e minha energia!

Pedro, meu orgulho e minha energia!

Filho, há muitas coisas que não consigo explicar nessa vida e uma delas é o amor paterno.

Mesmo antes de seu nascimento, este sentimento que tenho por ti é enorme e até então desconhecido por mim.

Não tenho dúvidas de que o amor de sua mãe seja até maior que o meu, pois estão – literalmente – umbilicalmente ligados, mas sei que o que sinto por ti é realmente maravilhoso e tenho desde já orgulho por ser seu pai.

Mas além do amor, há outras coisas que cercam a relação de pai e filho que desafiam minha curiosidade…fico pensando:

– Será que seremos parceiros? Será que vamos jogar bola juntos? Será que serei seu confidente? Será que teremos cumplicidade?

Não sei, isso dependerá de anos e anos de convívio.

Eu e seu avô temos uma relação meio estranha…claro que nos amamos, mas muitas vezes aparecem grandes rusgas entre a gente…e não queria que a minha relação e a sua fosse assim.

Por isso, resolvi contar a história de Patrick, um garoto de 16 anos que conheci há pouco.

Algumas manhãs consigo acordar mais cedo e caminhar na praia e por várias vezes eu via pai e filho pescando, até aí, nada de mais.

Numa dessas caminhadas, reparei que os dois estavam saindo do carro, mas o que estranhei foi o pai dando a volta até o outro lado do veículo, em direção à porta do filho.

Nisso, o garoto abriu a porta e o pai lhe pegava nos braços até com certa dificuldade porque o menino não era tão leve assim.

O pai o erguia junto aos braços e o levava até o parapeito da praia e dpeois ia buscar as cadeirinhas para ambos sentarem lado a lado.

Só assim percebi que o menino era paraplégico e dependia de seu pai para ir até a beira do mar, pois seria um trampo ir de cadeira de rodas pela areia.

A partir de então, fiquei tocado com a relação dos dois e sempre me prometia trocar algumas palavras com eles.

Certo dia, quando o pai do menino não estava por perto, resolvi parar ao seu lado para puxar papo.

Papo vai e papo vem, me contou que o pai tinha ido buscar um lanche para eles, que seu nome era Patrick e de seu pai Orlando e que ficara paraplégico aos 08 anos num acidente de carro.

Dado momento, comentei:

– Acho bacana este lance do seu pai te trazer aqui para você fazer o que gosta.

– Também curto ele ficar aqui comigo, mas só uma correção, eu não gosto de pescar – me surpreendendo com a resposta.

– Não?

– Não. Quem gosta é meu pai.

– Então porque não fala para ele? – indaguei perplexo.

– Porque é uma forma de ficarmos mais tempo juntos e sei que isso o faz feliz…é minha forma de agradecer por tudo que já fez por mim…

– Mas não te estressa fazer algo que não gosta? – Insisti.

– Ah, que nada, fazer companhia para o meu velho é um baita prazer e fora que ele se sente bem porque pensa que adoro pescar, mas na verdade eu gosto de vê-lo feliz.

– Mas porque não uma outra coisa, sei lá o quê?

– O quê? Quer que eu jogue futebol ou corra na praia com ele?! – contestou ironicamente.

É, sou mestre em me meter em situações embaraçosas!

Despedi-me de Patrick…continuei com minhas caminhadas pela manhã e admirando muito aquele menino…

Filho, se nós tivermos um pouco deste companheirismo deles, já estarei feliz…e se um dia eu faltar com você, conte-me esta história do jovem Patrick, pois será um exemplo para toda nossa vida.

Amor de pai e filho não precisa ser melhor que o de ninguém, ele não compete, ele não tem vaidade, ele simplesmente está ali, onde sempre devia estar porque antes de tudo ele é sublime.

Anúncios

Uma resposta em “PRA VOCÊ LER DEPOIS 03 – amor de pai

  1. Japones,

    Maneirissimo o texto. Se a gente conseguir essa “cumplicidade” de nossos Pedro’s tenho certeza que seremos pais realizados e mais “baboes” do que ja somos!

    Parabens pelo texto.

    Forte abraco
    Emerson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s